O Loremaster do ESO se despede

Lawrence Schick, o conhecido Loremaster de The Elder Scrolls Online anuncia sua aposentadoria e se despede dos fãs através de uma carta. Continue lendo para saber mais. 

“Por razões familiares, estou deixando o ZeniMax Online Studios e meu papel como Loremaster do The Elder Scrolls Online depois de um longo e feliz mandato no cargo. A equipe da Comunidade pediu-me para escrever uma carta de despedida sobre o meu tempo discutindo a mitologia de Tamriel para o ESO.

Bem, eu não vou fazer isso! Em vez de escrever sobre mim e o meu tempo contribuindo para a mitologia geral, vou escrever sobre você, a comunidade de jogadores do ESO e o que VOCÊ significa para a mitologia. Se você quiser saber quem eu sou e o que o ESO foi para mim, você pode lê-lo nas entrelinhas deste breve ensaio.

Tamriel é um cenário de mundo de fantasia incomum que foi criado ao longo do tempo por muitos colaboradores diferentes, em vez de por uma única visão. Em algum momento, o pessoal da Bethesda Game Studios percebeu que, para um mundo interativo, esse histórico de retalhos era, na verdade, uma virtude, e não um passivo, algo que deveria ser reconhecido e incorporado ao design de Tamriel. Assim, a confiança do cérebro decidiu que toda a história, mitologia e cultura do mundo dos Elder Scrolls – seu conhecimento, em suma – seria entregue, não do alto, mas sempre do ponto de vista dos personagens que habitavam o mundo que estavam descrevendo. E essas descrições podem variar, ou até mesmo se contradizer, deixando os jogadores decidirem o que era e o que não era verdade.

Tamriel é um mundo onde toda a história, passada e futura, é descrita nos textos sempre em mudança dos misteriosos Elder Scrolls, que falam sempre do que poderia ser e não do que é. E esta é uma configuração excepcionalmente adequada para um jogo on-line multiplayer que hospeda jogadores de muitas culturas e origens. O que poderia ser melhor para personagens em um RPG do que um mundo expansivo de muitas culturas diferentes, cada uma com sua própria história e mitos, para que você possa ser quem você quer ser? Isso soa ótimo – mas o que seu personagem deve acreditar é realmente verdade? Uma vez que todas as histórias deste mundo vêm de personagens do cenário em si, e você pode ouvi-las e ler seus livros, você pode decidir isso por si mesmo. E seja o que for, é tão correto quanto as crenças, jogador ou não-jogador de qualquer outra pessoa, porque seu personagem vive no mesmo mundo que eles.

E o que seu personagem faz e diz e acredita, torna-se parte desse mundo. Para você, e quem mais compartilha a experiência, o que aconteceu agora faz parte do folclore. Os personagens não-jogadores estão todos lá, prontos para compartilhar suas histórias com você, mas é você quem faz essas histórias ao vivo, porque seu personagem tem agência e escolhas significativas onde os NPCs não têm. Além disso, o que seu personagem persiste para você, e as histórias que você contou e as experiências que você compartilhou com seus amigos vivem em suas próprias memórias. Você acabou de adicionar à história de Tamriel.

E não apenas em suas lembranças, porque Tamriel é um mundo que continua em constante desenvolvimento, e onde esse mundo vai em seguida depende do que você fez e como você reagiu a ele! O jogo deve prestar muita atenção ao que você gostou e ao que você não gostou. Personagens recorrentes como Razum-dar e Naryu Virian não voltam porque os desenvolvedores do jogo acham que deveriam, eles voltam porque VOCÊ disse ao jogo que suas experiências com esses personagens foram significativas e memoráveis. O que você faz em Tamriel e como se sente em relação ao que você fez, orienta a direção do desenvolvimento futuro.

Espero que você possa ver como a contribuição da comunidade é importante para o ESO e nosso mundo coletivo de Tamriel. A mitologia dos Elder Scrolls é um vasto mosaico repleto de histórias coloridas, e com o passar do tempo o jogo se desenvolve e os jogadores, em um diálogo contínuo, preenchem o espaço entre novas histórias e experiências que se interconectam com as antigas e fazem o mundo mais rico e mais complexo.

Então, seja a pessoa em Tamriel que você quer ser, vinda da cultura que quer representar, com o sistema de crenças que melhor expressa a personalidade e o passado de seu personagem. Quem você quer ser, há um lugar para você aqui. O conhecimento é seu.

***

Para Lawrence de todos nós da ZOS, obrigado por nos guiar pelo incrível e muitas vezes contraditório mundo dos Elder Scrolls. Sem o seu conhecimento, paixão e, sim, paciência, o nosso jogo não seria o que é hoje. Muito Obrigado!”


Traduzido do site oficial, por Felipe Fabres

0 0 vote
Avaliação Conteúdo
Subscribe
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments