LORE: Meridia: A deusa caída

Ela sempre apareceu como coadjuvante em “side quests” nos jogos anteriores e/ou mera menção nas quests de obtenção de objetos daédricos. No ESO ela aparece como divindade protagonista, opositora à Molag Bal. Vamos conhecer um pouco sobre essa divindade:

Meridia, Senhora de Energias Infinitas, que também é conhecida como a “Bruxa Glister”, é uma obscura Princesa Daédrica da qual os mortais sabem muito pouco, exceto que ela está associada com as energias vitais dos seres vivos. Meridia tem um grande e eterno ódio para os mortos-vivos e irá recompensar regiamente qualquer um que eliminá-los do mundo. Meridia é um dos poucos “Príncipes de Oblivion” que não são considerados completamente maus.

Acredita-se que Meridia (originalmente conhecida como Merid-Nunda) tenha sido um “Magne-Ge”, uma família de seres divinos que fugiram para Aetherius logo após a criação de Mundus. Por supostamente consorciar-se com um “espectro ilícito” (este ponto da “lore” ainda é mantido obscuro), ela foi expulsa do Aetherius e tomou o manto de uma Princesa Daedra. Ela criou seu reino em Oblivion, conhecido como as “Salas Coloridas” (Colored Rooms), dobrando e moldando os raios de luz a partir de Magnus, o sol. Mankar Camoran atribuíu incorretamente Coldharbour a ela, o qual é o reino de Molag Bal, um de seus inimigos (juntamente com Ebonarm). Seu reino é habitado pelos Aurorans, porém ela também possui alguns Seducers ao seu serviço.

Ela foi responsável pela destruição da cidade Ayleid de Abagarlas. Seu dia da convocação é o dia 13 de Morningstar. Ela concedeu a imortalidade a seu campeão, Umaril o Unfeathered, o antigo inimigo Ayleid de Pelinal Whitestrake (companheiro de Santa Alesia na guerra entre os escravos humanos e os “elfos selvagens”). Seus Aurorans e Umaril retornaram durante o tempo da Crise de Oblivion (a DLC “Knights of the Nines”) para buscar vingança sobre os Divinos (Aedras). Para os Ayleids, ela era a personificação do seu quarto elemento, luz.

Sua tendência moral (alinhamento), mesmo sendo uma princesa daédrica, é considerada cruzada/ordeira-boa (eu, particularmente, consideraria dominadora/ordeira-má – embora lute prioritariamente pela “vida” ela pode prejudicar os mortais para cumprir seus desígnios).

Escrito por Rvffvs, baseado na Lore de Elder Scrolls
Fonte: UESP wiki

ESO_POS_int_021114.indd

5 1 vote
Avaliação Conteúdo
Subscribe
Notificar de
guest
1 Comentário
Recente
Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Thalisson Silva
Thalisson Silva
3 anos atrás

Uma das minhas favoritas durante Skyrim!